Piscina com tratamento por salinização: sua melhor escolha!

Como é bom se jogar em uma piscina naqueles dias de calor, não é mesmo? Quando a água está limpinha e bem tratada então, é melhor ainda! Justamente para realizar a higienização correta das piscinas e manter os devidos cuidados, existem os processos mecânicos, a troca da água e os tratamentos químicos. Todos são procedimentos complementares.

Os processos químicos são os responsáveis por tratar as moléculas de água, eliminando micro-organismos e demais sujeiras. Os mais utilizados hoje em academias são: limpeza com cloro ou salinização.

 

O cloro é o vilão da história?

Mais comum e conhecido agente de tratamento da água da piscina, o cloro industrializado é aplicado e precisa de um tempo (em torno de uma hora) para agir e ser distribuído uniformemente por toda a água.

Apesar da alta eficácia no combate e na eliminação de germes, bactérias e micro-organismos e o baixo custo, o cloro traz uma grande desvantagem no que diz respeito a saúde e a experiência proporcionada ao aluno, com grande risco de alergias, ressecamento de pele, cabelo e irritação nos olhos. Existem ainda riscos de complicações respiratórias (quando usado em excesso).

 

Por quê escolher a salinização?

Em um primeiro momento, você pode pensar que a ideia é tornar a água da piscina semelhante à do mar. Mas fique tranquilo, pois passa longe disso. Na verdade, o objetivo principal da salinização é a produção do cloro natural, que é tão eficaz quanto o industrializado.

A salinização consiste na aplicação de doses de cloreto de sódio (o famoso sal de cozinha), a fim de produzir o cloro natural. E isso é possível graças ao processo chamado de eletrólise, que quebra as partículas de sal e libera o cloro natural na água.

 

Diferenças para a saúde:

A principal diferença entre a piscina salinizada e a tratada com cloro, portanto, é a experiência proporcionada ao aluno, com ganho na manutenção de sua saúde e qualidade de vida.

O nado neste tipo de piscina elimina a possibilidade de desenvolvimento de problemas característicos com a utilização do cloro, como problemas de pele, olhos e aparelho respiratório, além de minimizar o risco para desenvolvimento de alergias respiratórias como rinite e asma.

“A piscina com tratamento por salinização é a melhor opção para quem sofre com alergias e tem dificuldades de praticar a atividade por conta disso. É também uma ótima escolha para as crianças!” afirma Luciene Ponce, diretora técnica da academia.

 

Venha para a Companhia Forma! Temos 2 ótimas piscinas com tratamento por salinização que vão proporcionar a melhor experiência de natação para você e sua família.

Compartilhar: