Você sofre com dores nas costas?

Então conheça algumas das principais causas e como tratá-las.

 

1 – Lesões na Coluna Vertebral

Uma das coisas que mais causam dores e afastam as pessoas da academia são lesões na coluna vertebral. As dores nas costas precisam ser tratadas e – com a autorização do médico – tem tratamento na Companhia Forma. Vamos aprender um pouco mais sobre este problema?

 

O que é: A coluna vertebral é formada por vértebras, articulações e cartilagem. Essa pilha de vértebras foi organizada pela evolução da espécie para servir de apoio a outros ossos do esqueleto e proteger a medula espinhal, que passa por um canal no interior da coluna e de onde saem os nervos responsáveis por todos os nossos movimentos e sensações.

 

O que causa: Um acidente ou um trauma continuado podem romper uma vértebra e pressionar, seccionar ou destruir a circulação interna da medula espinhal em alguma altura da coluna vertebral. Como consequência, a parte do corpo que fica abaixo da lesão irá sofrer comprometimento da motricidade e a pessoa perderá muito dos movimentos e sensações. Esse é um problema gravíssimo de saúde e, o que é lastimável, bastante comum em nosso meio.

 

Como tratar:

  • Treino Core

Em português, essa palavra significa miolo ou núcleo. E é lá no meio do abdômen que residem os músculos mais ativados por essa vertente da malhação funcional.

  • Pilates

Exercícios que fortalecem a coluna pois requerem resistência e equilíbrio, em especial do tronco e das pernas. Há exercícios que utilizam aparelhos específicos, enquanto outros são realizados com auxilio de acessórios como bolas, arcos e faixas elásticas.

  • Musculação

Destacando exercícios para as pernas, como o feito na cadeira extensora e flexora, porque os membros inferiores, quando firmes e fortes, amortecem parte do impacto que, do contrário, abalaria a coluna, e também exercícios de fortalecimento para vertebrais, dando assim mais sustentação à coluna.

  • Natação

A Natação é uma atividade que aciona pernas, abdômen, braços, pescoço e tudo mais ao mesmo tempo. Essa combinação de movimentos faz com que aquela cinta muscular ao redor da coluna se fortaleça.

 

 

2 – Dores lombares ou lombalgia

Você sabia que aproximadamente 80% das pessoas vão experimentar a dor lombar em algum momento de suas vidas? Vamos entender um pouco mais?

 

O que é: Nem toda dor nas costas, na área lombar, implica na existência de um problema mais grave na região. A lombalgia, normalmente, requer maior atenção e acarreta sintomas que sem o tratamento correto podem ser permanentes, prejudicando a qualidade de vida do paciente.

 

O que causa: A postura inadequada é a principal causa da lombalgia, bem como a forma de deitar, sentar ou realizar qualquer atividade, seja no trabalho ou a lazer. Outros casos também podem trazer dores na área lombar, como inflamações/infecções; hérnias de disco, artrose; sedentarismo; obesidade; fatores genéticos; envelhecimento e até questões emocionais.

 

Como tratar: Pilates é a melhor escolha para fortalecimento muscular, conscientização postural e respiratória, servindo como meio facilitador de recuperação pós terapêutica ou mesmo preventivo de desconfortos lombares.

 

 

3 – Hérnia de disco

A hérnia de disco é uma lesão que ocorre com mais frequência na região lombar, apesar de termos casos de hérnia de disco na cervical.

 

O que é: Essa lesão é a que mais provoca dores nas costas e alterações de sensibilidade para coxa, perna e pé, e em alguns casos, podem causar dormência nos membros do corpo.

 

O que causa: Na maioria das vezes, é uma questão de hábitos errados na postura. Existe uma postura correta para qualquer movimento que realizamos, inclusive, quando estamos em posição estática. Com a correria do dia a dia, nem sempre é possível obedecer a todas as regras, mas ainda assim podemos adotar o máximo de cuidado para não sobrecarregar os nossos músculos e articulações.

 

Como tratar: Quando o nível de comprometimento da coluna não é tão crônico, existem opções de tratamentos com natação e exercícios físicos específicos para a musculatura que sustenta a coluna vertebral, como também abdome e membros inferiores, uma vez que a manutenção do peso e o fortalecimento da coluna tornam-se extremamente importantes para quem tem hérnia de disco. Esse processo também vai depender do quadro da hérnia de disco submetida ao tratamento e do comportamento do paciente em obediência às orientações médicas.

 

 

4 – Dor Ciática

Muitas pessoas sofrem de dor no nervo ciático, que pode se estender da coluna até o pé, como se a dor fosse no osso.

 

O que é: A dor ciática é uma inflamação ou irritação do nervo mais longo do nosso corpo, o nervo ciático. Quando essa estrutura neurológica é afetada, a dor pode se estender da região lombo-sacra até o pé, passando por glúteo, coxa e lateral da perna.

 

O que causa: Se o nervo ciático estiver com compressão, seja por trauma direto ou por esforço repetitivo (como ficar sentado por muito tempo em uma cadeira desconfortável) ele pode inflamar. Também pode acontecer que atletas de corrida ou esportes com salto sofram de dor no nervo ciático, por utilizar músculos do glúteos e o piriforme.

 

Como tratar: É importante entender qual tipo de exercício o médico ou fisioterapeura irá recomendar para o seu caso específico de dor ciática. Entre os exercícios mais indicados estão pilates, treinamento funcional, musculação, ioga, caminhada, entre outros exercícios para aliviar os sintomas e melhorar a qualidade de vida.

 

 

E aí, se identificou com algum desses problemas? Então venha fazer uma visita e descubra como a Companhia Forma pode ajudar a melhorar sua saúde e qualidade de vida!

 

 

IMPORTANTE: vale ressaltar que está matéria contém apenas conteúdo informativo e que todo diagnóstico precisa ser dado pelo médico. Então, ainda que você descubra determinados sintomas de possíveis problemas, dores ou lesões, vá ao médico para ter certeza do seu diagnóstico.

Compartilhar: