Conheça mais sobre o Pilates: suas origens, conceitos e benefícios.

pilates

Que o Pilates é uma das melhores opções de exercício físico você já sabe, e que ele tem diversos benefícios, você sabe também. No entanto, selecionamos tantos motivos para você praticar, que até os instrutores vão ficar surpresos com o tamanho da nossa lista.

O método, que surgiu no início do século passado, tem como principal objetivo unir o corpo e a mente. Foi a partir desse pensamento e de várias observações que seu idealizador, Joseph Pilates, criou a Contrologia.

O método não é um conjunto de exercícios prontos e generalizados. Ele consiste em observar o seu aluno, perceber quais são suas necessidades e assim adaptar os exercícios para alcançar o resultado necessário, sempre beneficiando ao máximo o praticante.

Como Joseph afirmava, a Contrologia tem por resultado o controle consciente de todos os movimentos musculares do corpo, assim aplicando todos os princípios do método que tem bases em fundamentos anatômicos, fisiológicos e cinesiológicos, que são: Concentração, Controle, Precisão, Centramento, Respiração e Movimento fluido.

  1. Concentração – o objetivo desse princípio é a total concentração no movimento que está sendo realizado para garantir que este seja desenvolvido com a maior eficácia possível;
  2. Controle – o controle do movimento visa um padrão suave e harmônico, sempre se concentrando no exercício proposto visando aprimorar a coordenação motora e evitando contrações musculares desnecessárias;
  3. Precisão – ela é fundamental para a qualidade do movimento e realinhamento postural, assim controlando o equilíbrio dos diferentes músculos que estão sendo trabalhados no movimento;
  4. Centro – mais conhecido como power house é o foco de todos os exercícios do método, pois o fortalecimento dessa musculatura proporciona a estabilização do tronco e alinhamento;
  5. Respiração – o método enfatiza a respiração que é fator primordial no início do movimento, e tem sempre que estar sincronizada com a realização dos mesmos;
  6. Fluidez – o objetivo desse princípio é dar leveza ao exercício, com movimentos controlados para que não haja impacto pesados no começo e nem no final.

Quando estamos falando dos benefícios do Pilates para a mente, nos referimos à sua origem que contou com teorias orientais que pregam a integração entre corpo e mente saudável para obter um organismo melhor. O controle da respiração e a concentração na hora do exercício, que são práticas fundamentais do método, tem origem na yoga, e na medicina tradicional chinesa.

A prática, além de tudo, também libera dopamina e serotonina, que são hormônios responsáveis pelo prazer e pelo bem estar, assim contribuindo para um melhor controle emocional de quem o pratica.

Os benefícios do Pilates para o corpo são inúmeros, aqui podemos citar alguns deles:

  • Aumento da Resistência Física e Mental
  • Aumento da Flexibilidade
  • Corrige Problemas Posturais
  • Aumento da Concentração
  • Tonifica a Musculatura
  • Melhora a Coordenação Motora
  • Promove menor Atrito nas Articulações
  • Alivia Dores Musculares
  • Ajuda a Melhorar a Respiração e a Flexibilidade
  • Auxilia a Prevenção Contra a Osteoporose
  • Promove Relaxamento, o Bem-estar e eleva a Autoestima
  • Elimina Toxinas e facilita a Drenagem Linfática
  • Melhora a Postura e a Resistência Muscular
  • Expande a Consciência Corporal
  • Ajuda no Controle de Peso
  • Fortalece os Músculos Abdominais
  • Equilíbrio de todas as Funções do Corpo

Além de trabalhar aspectos corporais, como tonificação muscular, postura e condicionamento físico, ele também lida com a parte mental dos seus praticantes, com exercícios de respiração, alongamento e relaxamento, que aliviam a ansiedade e o estresse.

E o Pilates é uma prática muito eclética, sendo indicada para crianças, adultos e idosos, homens, mulheres e gestantes. Ainda auxilia pessoas com desvios posturais, hipertensão, AVC e Parkinson.

Gostou? Então venha praticar Pilates na Companhia Forma! Acompanhamento de profissionais e equipamentos especializados para você aproveitar o melhor dessa atividade.

Fonte: https://blogpilates.com.br

Compartilhar: